Amazonas

Março registra queda de 37% nos óbitos em comparação com fevereiro no AM

Os números demonstram o ritmo de diminuição das mortes no Estado durante a segunda onda da Covid-19 que teve início ainda em janeiro, mês em que foram registrados 3.853 óbitos.

Em março deste ano, o Amazonas registrou um total de 2.324 óbitos, uma queda de 37% em comparação ao mês anterior, fevereiro, no qual foram contabilizados 3.698 registros de óbitos. Os números demonstram o ritmo de diminuição, observado até esta quarta-feira (14.04), das mortes no estado durante a segunda onda da Covid-19 que teve início ainda em janeiro, mês em que foram registrados 3.853 óbitos.

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.

Do total de registros de óbitos em março, 1.515 foram por causas naturais e, desses, 604 foram por Covid-19, o que representa 39,8% das mortes ocasionadas por doenças.

“Esse acompanhamento de números é muito importante para observarmos como a doença se comporta e impacta na nossa demografia. É importante dizer que, apesar dessa diminuição de mortes por Covid e, consequentemente, de mortes gerais, a população amazonense deve continuar se atentando aos cuidados contra a doença. Enquanto isso, seguiremos com o trabalho de transparência na prestação de informações à sociedade e ao Poder Público, para que possam ser postas em prática as estratégias para sairmos desta crise”, disse o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Amazonas (Anoreg/AM), Marcelo Lima Filho.

Já no Brasil, o mês de março bateu um triste recorde, registrando 75.780 óbitos registrados por Covid-19 até esta segunda-feira (12.04), sendo o maior impacto do vírus na história do País. A doença causada pelo novo coronavírus representou 48% do total de óbitos por causas naturais no País, totalizadas em 171.211.

Fonte: D24am.

Deixe Sua Curtida
Curtir Amei Haha Uauu Triste Grrr

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios