NovidadesSaúde

Amazonas apresenta redução de 20% nos casos de malária

O Amazonas apresenta redução de 20% no número de casos de malária na comparação entre os primeiros nove meses de 2020 com os de 2019. Dados gerenciados pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) apontam para registro de 40.263 casos, e janeiro a setembro de 2020, e 50.342 no mesmo período do ano passado.

A redução também foi verificada, em nível municipal, em dez dos 16 municípios do Estado que mais apresentaram casos de malária de janeiro até 30 de setembro: Manaus (-20,27%); Barcelos (- 48,40%); Santa Isabel do Rio Negro (- 42,80%); Lábrea (- 30,36%); Coari (- 41,64%); Tefé (-45,02%); Atalaia do Norte (-12,88%); Ipixuna (-24,06%); Canutama (-11,82%) e Manicoré (-4,28%).

De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, o período sazonal da malária iniciou em julho e segue até o fim de outubro em todo o estado. A orientação é que as secretarias municipais de saúde intensifiquem o controle, principalmente, nas cidades que apresentaram aumento de casos. “As ações de controle, por meio de busca ativa, diagnóstico e tratamento oportunos, além de ação integrada são importantes e contribuem para o controle de casos de malária”, ressaltou Rosemary.

Já os demais municípios com mais casos apresentaram aumento nos registros da doença: São Gabriel da Cachoeira (11,17%); Tapauá (72,82%); Carauari (1,27%); Eirunepé (162,05%); Jutaí (23,28%) e Maués (46,84%). Os dados constam no Sistema de Informações de Vigilância Epidemiológica – Malária (Sivep-Malária), do Ministério da Saúde.

O município de São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros a noroeste de Manaus) é o único do Alto Rio Negro que apresentou aumento de casos. O chefe do Departamento de Vigilância Ambiental da FVS-AM (DVE/FVS-AM), Elder Figueira, apontou que uma equipe de técnicos da FVS-AM estão, desde o último domingo (4), apoiando ações locais de intensificação da vigilância e controle da malária.

“Estamos no período sazonal de maior ocorrência de casos em São Gabriel da Cachoeira. Além de dar suporte à vigilância da cidade, a nossa equipe técnica está propondo parcerias entre instituições locais para garantir a continuidade de medidas no período de troca de líderes municipais que pode ocorrer nas próximas eleições”, detalhou o chefe do DVA/FVS-AM.

Municípios

No ranking das cidades amazonenses que mais apresentaram registro de casos de malária este ano estão: São Gabriel da Cachoeira (7.293); Manaus (3.748); Barcelos (3.265); Tapauá (2.779); Santa Isabel do Rio Negro (1.898); Lábrea (1.876); Coari (1.648); Carauari (1.516); Tefé (1.208); Eirunepé (1.153); Atalaia do Norte (1.143); Ipixuna (1.095); Jutaí (1.059); Canutama (977); Manicoré (961) e Maués (928).

Fonte: D24am

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios