Amazonas

Especialista afirma que AM já vive terceira onda da Covid-19

O Amazonas corre o risco de voltar para a fase vermelha da pandemia de Covid-19, pois, segundo especialista, já vive a terceira onda da doença. Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) mostram a pontuação da metodologia de cálculo do risco de transmissão da doença, conforme a gravidade da pandemia, representada em cinco pontuações. O Estado está na fase três (laranja), de 21 a 30 pontos, podendo passar para a quatro (vermelha), ultrapassando 30 pontos.

De acordo com o biólogo e doutorando do Programa de Biologia do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Lucas Ferrante, um estudo da Journal of Racial and Ethnic Health Disparities mediu as taxas de imunizados em Manaus, considerando as pessoas que já tomaram vacina e aquelas que tiveram contato natural com o vírus. O estudo mostrou que quem foi diagnosticado com a Covid-19 perde a imunidade a partir de 270 dias, em média.

“Então agora, Manaus está completamente desprotegida. Nós temos um cenário de que muitas pessoas que se contaminaram na primeira e segunda ondas já perderam a imunidade de fato, e nos vacinamos a conta gotas. Além disso, esse estudo, especificamente, mostra que não precisa de uma nova variante para gerar uma nova onda”, explicou Ferrante.

Fase laranja
Análises epidemiológicas da FVS apontam que o Amazonas permanece na fase laranja, mas o cenário de estabilidade em números de casos e mortes precisa de atenção. Para o biólogo, muitos fatores apontam para o surgimento de uma terceira onda da Covid-19, sendo um deles o retorno das aulas presenciais.

“ A segunda onda iria acontecer de fato, sem o surgimento da P1. Ela seria equivalente a primeira onda, entretanto, o surgimento da P1 potencializou o número de internações e óbitos em proporções acima da média. Então, nós podemos ter uma terceira onda e ela já começou, marcada pelo aumento de casos”, disse Lucas Ferrante.

Em análise comparativa entre 28 de abril e 17 de maio, a pontuação de metodologia de cálculo passou de 16 para 19 pontos, ainda dentro da fase laranja. Conforme Ferrante, a alta é um alerta. Na última sexta-feira (21), a FVS emitiu um alerta à população.

Até esta quarta (26), 57,5% dos leitos de UTI para Covid e 39,9% dos leitos clínicos destinados aos pacientes com a doença estavam ocupados. O Estado do Amazonas já soma 383.980 casos de Covid-19 e 12.943 óbitos causados pelo coronavírus.

Fonte: D24am

Deixe Sua Curtida
Curtir Amei Haha Uauu Triste Grrr

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios