NovidadesSaúde

Amazonas registra mais 2.126 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

O Amazonas registrou mais 2.126 casos de Covid-19 nesta quinta-feira (4), totalizando 46.473 casos confirmados no estado, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

De acordo com o boletim, foram confirmados mais 45 óbitos pela doença, sendo 20 ocorridos nas últimas 24 horas, elevando para 2.183 o total de mortes.

Ao todo, 37.294 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. O boletim aponta ainda 6.996 pessoas com diagnóstico de Covid-19 que estão sendo acompanhados, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 461 pacientes internados, sendo 295 em leitos clínicos (39 na rede privada e 256 na rede pública) e 166 em UTI (54 na rede privada e 112 na rede pública).

Há ainda outros 385 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 259 estão em leitos clínicos (35 na rede privada e 224 na rede pública) e 126 estão em UTI (27 na rede privada e 99 na rede pública).

Municípios

Dos 46.473 casos confirmados no Amazonas até esta quinta-feira, 19.962 são de Manaus (42,95%) e 26.511 do interior do estado (57,05%).

Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados: Manacapuru (2.591); São Gabriel da Cachoeira (2.232); Tefé (2.106); Coari (2.066); Parintins (1.490), Tabatinga (1.072); Benjamin Constant (1.020); Itacoatiara (879); Santo Antônio do Içá (759); Iranduba (739); Careiro Castanho (734); Maués (705); Autazes (633); Rio Preto da Eva (553); Barcelos (534); Presidente Figueiredo (501); São Paulo de Olivença (468); Boca do Acre (456); Tapauá (439); Anori (403); Beruri (374); Itapiranga (372); Alvarães (367); Barreirinha (343); Amaturá (326); Fonte Boa (293); Tonantins (292); Borba (275); Carauari (264); Urucará (241); Uarini (208); Novo Aripuanã (205); Anamã (197); Eirunepé (177); Urucurituba (175); Novo Airão (165); Jutaí (146); Manaquiri (140); Silves (135); Humaitá (123); Nova Olinda do Norte (123); Japurá (122), São Sebastião do Uatumã (119); Maraã (109); Caapiranga (104); Atalaia do Norte (89); Boa Vista do Ramos (78); Lábrea (70); Manicoré (62); Codajás (61); Pauini (60); Nhamundá (59); Careiro da Várzea (52); Guajará (51); Juruá (44); Santa Isabel do Rio Negro (43); Canutama (36); Apuí (27); e Itamarati (4).

Envira e Ipixuna são os únicos municípios do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.442 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

Ao todo, são 50 municípios do interior com óbitos confirmados até o momento, em um total de 741. A lista inclui Manacapuru (101); Tabatinga (60); Tefé (60); Coari (59); Parintins (58); Itacoatiara (45); Maués (29); Iranduba (26); São Gabriel da Cachoeira (26); Benjamin Constant (25); Autazes (22); Barcelos (17); Presidente Figueiredo (16); Santo Antônio do Içá (16); Borba (14); Careiro Castanho (13); Tonantins (12); São Paulo de Olivença (11); Rio Preto da Eva (11); Jutaí (10); Fonte Boa (10); Alvarães (10); Nova Olinda do Norte (9); Amaturá (8); Novo Aripuanã (7); Boca do Acre (6); Manaquiri (6); Beruri (5); Novo Airão (5); Anori (5); Itapiranga (4); Silves (4); Barreirinha (4); Tapauá (3); Carauari (2); Urucará (2); Urucurituba (2); Caapiranga (2); Boa Vista do Ramos (2); Manicoré (2); Nhamundá (2); Codajás (2); Humaitá (2); Maraã (1); São Sebastião do Uatumã (1); Careiro da Várzea (1); Guajará (1); Santa Isabel do Rio Negro (1); e Atalaia do Norte (1).

Outros 338 óbitos estão em investigação epidemiológica, e 192 foram descartados para o novo coronavírus.

Número de mortes no Brasil passa o da Itália e chega a 34.021

O Brasil superou a Itália em número de mortos por complicações da Covid-19 nesta quinta-feira (4). Com mais um recorde diário de mortes, o País chegou a 34.021 vidas perdidas durante a pandemia e está atrás apenas do Reino Unido e dos Estados Unidos, segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde.

Os principais dados do balanço do ministério são de 34.021 mortes, quando eram 32.548 na quarta-feira (3). Foram 1.473 registros de morte incluídos em 24 horas. Além disto, 614.941 casos confirmados, quando eram 584.016 na quarta. Foram incluídos 30.925 casos em 24 horas.

O balanço da quinta-feira registrou também 366 mortes que aconteceram nos últimos 3 dias. Além disso, segundo o Ministério da Saúde, há mais 4.159 suspeitas que estão sob investigação.

O Brasil chegou a terceiro País com mais mortes no mundo depois de 79 dias do registro da primeira vítima da Covid-19, em 17 de março.

No Brasil, o coronavírus já chegou a 72% das cidades brasileiras e já matou em 30% delas. Há um mês, a pandemia tinha alcançado 40% dos municípios, e 13,4% deles tinham confirmado mortes pela Covid-19.

No mundo inteiro, a pandemia já fez cerca de 389,6 mil mortes. A doença começou na China, que hoje tem pouco mais de 4,6 mil mortes. O país asiático mais atingido é o Irã, com mais de 8 mil óbitos.

A Europa tem flexibilizado as regras de confinamento que foram estabelecidas por causa do novo coronavírus. O Coliseu, em Roma, outros museus e estabelecimentos foram reabertos.

Fonte: D24am

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios