Por unanimidade, TSE rejeita cassação de Sergio Moro

Portal Tabatinga

O Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, decidiu rejeitar os recursos que pediam cassação do mandato do senador Sergio Moro, do União do Paraná.

Os ministros André Ramos Tavares, Cármen Lúcia, Nunes Marques, Raul Araújo, Isabel Galloti e Alexandre de Moraes acompanharam o relator, ministro Floriano de Azevedo Marques.

O tribunal negou recursos do PL e da Federação Brasil da Esperança, composta por PT, PCdoB e PV contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, que manteve o mandato do senador.

O ministro Alexandre de Moraes proclamou a decisão.

Moro foi acusado pelos partidos de realizar gastos irregulares no período de pré-campanha. Cabe recurso da decisão.

Sergio Moro teria vantagem eleitoral por ter feito pré-campanha para presidente da República, antes de mudar para concorrer ao cargo de senador.

De acordo com a acusação, houve “desvantagem ilícita” em favor dos demais concorrentes ao cargo de senador diante dos “altos investimentos financeiros” realizados antes de Sergio Moro se candidatar ao Senado.

Ao julgar os recursos, o TSE seguiu voto do relator, ministro Floriano de Azevedo Marques, para quem não há prova convincente de desvio de recursos partidários. 

Fonte: Agência Brasil.