Justiça espanhola condena três torcedores por racismo a Vinicius Jr

Portal Tabatinga

Pela primeira vez, na Espanha, três pessoas foram condenadas à prisão por insultos racistas contra o jogador brasileiro Vinicius Jr., do Real Madrid. A La Liga, que é a responsável pelo Campeonato Espanhol, anunciou a decisão nesta segunda-feira. Os réus foram considerados culpados por crime contra a integridade moral com agravante de discriminação por motivos racistas.

O caso em questão, dos gritos racistas por parte de torcedores do Valencia aconteceram durante partida em maio do ano passado. Os três torcedores foram condenados a princípio a 12 meses de prisão, mas depois a pena foi reduzida para oito meses, além do pagamento dos custos do processo. Eles também estão banidos, por dois anos, de irem a estádios que receberem jogos organizados seja pela La Liga ou pela Real Federação Espanhola.

Durante a audiência, os réus leram uma carta em que pedem desculpas a Vinicius Jr. e ao Real Madrid.

De acordo com o presidente da La Liga, Javier Tebas, a decisão é uma “ótima notícia no que diz respeito à luta contra o racismo na Espanha” e “envia uma mensagem clara” às pessoas que vão ao estádio de futebol para ofender, que “haverá consequências criminais para elas”.

Em comunicado oficial, o Real Madrid também repercutiu a sentença desta segunda dizendo que continuará a trabalhar para erradicar qualquer comportamento racista no mundo do futebol.

Fonte; Radio Agência