Amazonas

Vacinação vai cobrir todas as faixas etárias com comorbidades até o próximo sábado

Pessoas com diabetes mellitus, obesidade grave e cardiopatias, de todas as faixas etárias acima de 18 anos, serão vacinadas contra a Covid-19 até o próximo sábado (10). O novo calendário da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) definiu que o atendimento será em ordem decrescente de grupos etários, começando com as pessoas de 40 a 44 anos nesta quarta-feira (7), e fechando com as de 18 a 29 anos.

De acordo com o prefeito de Manaus, David Almeida, para iniciar o atendimento a esse grupo foi necessário remanejar doses de reserva técnica. “Agora, com mais uma remessa, foi possível programar a entrada das novas idades na campanha, chegando às faixas etárias da população ainda não alcançadas por nenhuma outra capital no Brasil”, disse o prefeito.

Os sete postos de vacinação, com ponto fixo e drive-thru, estarão abertos das 9h às 16h para receber o novo público. Até o momento, 15,6 mil pessoas de 18 a 44 anos, com alguma das comorbidades prioritárias, fizeram o cadastro no “Imuniza Manaus” e estão sendo agendadas eletronicamente para receber a vacina no posto mais próximo do seu local de moradia, até o próximo sábado.

As novas faixas etárias ampliam o atendimento do grupo de 18 a 59 anos de idade, com comorbidades, definido como prioritário pelo Ministério da Saúde (MS), logo abaixo do grupo dos idosos. As pessoas de 50 a 59 anos com diabetes, obesidade e cardiopatias começaram a ser atendidas na semana passada e as de 45 a 59 anos, nesta terça-feira (6).

Até o momento, de acordo com o “vacinômetro” municipal, 16,4 mil pessoas com essas comorbidades já foram vacinadas em Manaus. Depois de concluir a etapa das primeiras doenças, o calendário será aberto para as demais comorbidades existentes.

Comprovação de comorbidades
Para comprovar que tem uma das três condições de saúde exigidas para a vacinação nesta etapa da campanha, o usuário precisa apresentar original e cópia dos documentos obrigatórios. Os que têm cardiopatia devem levar o laudo médico. Para a obesidade grave, vale uma declaração assinada por qualquer profissional de saúde de nível Superior (enfermeiro, farmacêutico, nutricionista, educador físico ou outro) que ateste Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou maior que 40. E no caso dos diabéticos, é válida a receita médica, desde que em papel oficial do SUS ou da rede privada de saúde.

Idosos
A Semsa também deu início, nesta terça-feira (6), à aplicação das segundas doses para os idosos de 60 a 63 anos, vacinados com o imunizante CoronaVac, que tem intervalo de até 28 dias entre as duas doses. Aproximadamente 40 mil dos idosos vacinados contra a Covid-19 irão receber a segunda dose em abril e 24 mil estão agendados para tomar a vacina até o próximo sábado (10), em um dos sete pontos de vacinação de atendimento geral e devem verificar seu agendamento em “Consultar 2ª dose” no Imuniza Manaus.

Os trabalhadores da saúde também estão recebendo a segunda dose, exclusivamente na Escola de Enfermagem, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), na zona sul de Manaus.

Além desses, a Semsa dá continuidade à vacinação das pessoas dos grupos anteriores que ainda não receberam a primeira dose, ou seja, idosos de 60 anos ou mais e pessoas de 45 a 59 anos com diabetes, obesidade e cardiopatias.

Fonte: D24am. Leia mais em https://d24am.com/coronavirus-no-amazonas/covid-vacinacao-vai-cobrir-todas-as-faixas-etarias-com-comorbidades-ate-o-proximo-sabado/

Deixe Sua Curtida
Curtir Amei Haha Uauu Triste Grrr

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios