CidadeNovidades

Benjamin Constant retoma aulas presenciais com protocolos de segurança contra Covid-19

A Prefeitura de Benjamin Constant, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), deu início às aulas, nesta segunda-feira (5), de forma híbrida, presencial e semipresencial, em 56 unidades de ensino do município.

De acordo com o prefeito David Bemerguy, em tempos de pandemia, todos os protocolos de segurança serão mantidos. “Adotamos todas as medidas de segurança necessárias e também investimos na formação de servidores da Educação para esse novo momento”, disse o chefe do Executivo Municipal.

Segundo a secretária de Educação do município, professora Antônia Rodrigues da Silva, todas as escolas que iniciaram as aulas nas zonas rural, urbana e indígena, terão totens com álcool em gel, tapetes sanitizantes e medidores de temperatura. A Prefeitura vai distribuir um kit de proteção com duas máscaras de proteção e um tubo de álcool em gel para uso individual do aluno.

“Ao todo, 10.400 alunos retomam às aulas nesse novo formato. Para que não tenha aglomeração nas salas de aula, as turmas serão divididas. Um grupo de alunos vai num dia e o outro grupo vai no outro. Tudo foi estudado para proteger a nossa comunidade escolar e os alunos tenham o ensino garantido”, completou a secretária de Educação Antônia Silva.

Para a segurança de servidores, alunos e pais de alunos, uma ação itinerante da Secretaria Municipal de educação (Semed) percorreu diversas unidades de ensino na semana passada realizando orientações pedagógicas para professores, equipe pedagógicas e comunitários.

O retorno às aulas presenciais segue todos os protocolos de biosegurança, dentre eles, um protocolo específico de Benjamin Constant, que foi elaborado por uma comissão formada por servidores da saúde, da sociedade e da comunidade escolar.
Vacinação
O prefeito David Bemerguy destacou que diversos grupos já foram vacinados em Benjamin Constant, entre eles os profissionais das áreas de saúde, segurança, educação, portuária, indígenas, ribeirinhos, privados de liberdade, moradores em situação de rua, agentes de limpeza e de transporte coletivo da cidade.
Ao todo, mais de 18 mil pessoas já receberam a primeira dose do imunizante, sendo 11 mil vacinados com a segunda dose, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Projeto Rádio Escola continua
Implantado em maio do ano passado, o projeto Rádio Escola, que funcionava como aula remota no período de suspensão das aulas presenciais, agora passará a ser executado para reforço educacional. “Vamos fazer quatro horas de aula presencial e o aluno vai ter mais duas horas de aula complementar via rádio, no contraturno, para que a gente feche a carga horária e o aluno consiga assimilar todo o conteúdo repassado nas salas de aulas”, finalizou Antônia Silva.

Fonte: Ascom BC

Deixe Sua Curtida
Curtir Amei Haha Uauu Triste Grrr

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios